Emoção e homenagens marcam reunião do Grupo de Humanização na Santa Casa de Santos

Grupo de Trabalho Regional em Humanização planta árvore em homenagem à Andrea Flor, que atuava no Centro Integrado de Humanização da Irmandade, falecida em janeiro de 2021.

Mensalmente, o Grupo de Trabalho Regional em Humanização, se reúne para compartilhar experiências e definir ações para melhorar e humanizar a assistência aos pacientes. As reuniões são organizadas pela Articuladora de Humanização SES/NTH/DRS IV, Mara Regina Annunciação, e conta com a participação de representantes das unidades de saúde dos municípios que compõem a Baixada Santista.

A reunião deste mês aconteceu na Santa Casa de Santos, no dia 27/9, e teve como tema os "Cuidados Paliativos". Para prestigiar o encontro, marcaram presença: a diretora regional da Saúde, Paula Covas, a presidente da Comissão de Controle da Qualidade da Santa Casa, Eliana Lopes Feliciano, e a diretora Assistencial da instituição, Priscilla Sartori.

A Assistente Social e responsável pelo Centro Integrado de Humanização da Santa Casa de Santos, Cláudia Jacob, iniciou a reunião explanando sobre a importância dos Cuidados Paliativos e a necessidade de escuta e atenção focada na vontade do paciente. “A plenitude de vida é para ser vivida dignamente”, afirma Cláudia Jacob.

Dando sequência à reunião, a Enfª. Márcia Brito, coordenadora da Humanização do AME de Praia Grande, abordou sobre o trabalho de cuidados paliativos implantado no AME, como a adaptação de toda a unidade, tornando o ambiente mais acolhedor para o paciente. Algumas outras ações, como a liberação de visitas de menores, visitas de pets e Casual Day (quando o paciente pode usar uma roupa de passeio que goste) complementam as implantações realizadas, que visam a atenção especial para estes casos.

Alguns participantes aproveitaram a oportunidade para contar experiências vividas em suas respectivas unidades de saúde, e valorizou a necessidade de humanizar cada vez mais a assistência. “A maior motivação é o que podemos ofertar para o outro", destaca Priscila Sartori.

A diretora regional de Saúde, Paula Covas, falou que estava sendo um dia muito especial, tanto como gestora, quanto como profissional da psicologia e como pessoa usuária do sistema de saúde da região. “Esse encontro de humanização sobre cuidados paliativos, é uma necessidade que temos de ampliação dessa prática na rede de saúde da Baixada Santista, seja nos hospitais, na atenção básica e na atenção especializada. O assunto é importantíssimo porque coloca o usuário como foco de todas as ações de cuidado, valorizando o acolhimento, a escuta e o cuidado integral no Sistema Único de Saúde”, destaca Paula Covas. A diretora regional de Saúde finalizou agradecendo a Santa Casa de Santos pela receptividade e parceria. “Eu adoro estar nesta Santa Casa, que é sempre muito acolhedora conosco.”

Homenagem à Andrea Flor, pioneira do Serviço de Humanização da Santa Casa de Santos

Para encerrar a reunião, todos os presentes foram até a frente do hospital, ao lado do Pronto Socorro Infantil, para plantar uma árvore em homenagem à Andrea Flor, que foi a pioneira do Centro Integrado de Humanização da Santa Casa de Santos, falecida em janeiro de 2021.

Um Ipê Amarelo foi escolhido para o plantio, que aconteceu após uma linda oração.

Andrea Flor, era Fisioterapeuta de formação, e carregava várias especializações em seu currículo, mas tinha um dom especial na arte de acolher e cuidar.

Em sua homenagem, a Santa Casa de Santos inaugurou uma sala de reuniões com o seu nome, localizada ao lado do Centro Integrado de Humanização (1ºF).

Confira o Reels da homenagem em https://www.instagram.com/reel/CUYDSPzhk7l/?utm_medium=copy_link

 

Compartilhe!
Acesse Nossas Redes Sociais

Av. Dr. Claudio Luis da Costa, 50
(13) 32020600
provedoria@scsantos.com.br