2ª Jornada de Doação de Órgãos e Tecidos da Santa Casa

Profissionais de saúde lotam consistório em evento de capacitação sobre todas as etapas que envolvem o protocolo de morte cerebral, captação e doação de órgãos.

Com o objetivo de compartilhar conhecimento e divulgar a importância da atuação da equipe multiprofissional para viabilizar a doação de órgãos, a Santa Casa de Santos promoveu a 2ª Jornada de Doação de Órgãos e Tecidos. O evento aconteceu no consistório da instituição, dia 30/9/22, com programação direcionada aos profissionais de saúde que lidam diretamente com situações que envolvem o protocolo de morte encefálica. Ao todo, cerca de 160 pessoas participaram da jornada.

A Santa Casa de Santos é referência em doação de órgãos na Baixada Santista e se destaca em números de notificações para a Central de Transplantes do Estado de São Paulo. Este ano, a instituição recebeu pela 2ª vez do governo do Estado de São Paulo o prêmio “Hospital Amigo do Transplante”, e no dia 28/9 atingiu a marca de 100 captações realizadas desde a implantação do serviço exclusivo no hospital (2017).

A abertura da jornada foi feita pelo vice provedor Carlos Teixeira Filho, ao lado do diretor técnico Dr. Alex Macedo Gonçalves.

Em seguida, o coordenador das UTIs e presidente da Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT), Dr. Nilson Gambero, falou sobre a importância de realizar eventos como este, para divulgação da causa e ampliação de conhecimento.

A primeira palestra foi com a médica Nefrologista e residente em transplante do Hospital do Rim, Drª. Marcela Simões, que falou sobre o diagnóstico de morte encefálica.

Na sequência, foi a vez da professora da Escola Paulista de Enfermagem, Bartira de Aguiar Roza, falar sobre “Qualidade e Segurança: Doação e Transplante”.

Para mostrar o lado do familiar que autoriza a doação de órgãos, a Enfª Bianca Gobbo, do SESMET, deu um depoimento emocionante, contando um pouco de sua história e lembrando o triste momento que precisou se despedir de seu filho e tomou a decisão de doar todos os órgãos dele.

Após uma breve pausa para coffee break, a palestra foi com a coordenadora da OPO - Organização de Procura de Órgãos da Escola Paulista de Medicina e da UNIFESP, Enfª. Vanessa Ayres, que explicou sobre o papel da OPO no Programa de Doação de Órgãos e Transplantes.

Dando continuidade ao tema, o coordenador da OPO do Hospital das Clínicas e USP, Enfº. Edvaldo Leal, abordou sobre “Comunicação de Más Notícias”.

Para finalizar a programação, a transplantada Patrícia Fonseca contou o drama que viveu até ser presenteada com um coração bem no dia do seu aniversário de 30 anos. Ela estava internada na UTI, e nunca perdeu a esperança, escrevendo bilhetes diários para motivá-la nesta espera angustiante para tantas pessoas que aguardam na fila de transplante.

O encerramento da 2ª Jornada de Doação de Órgãos da Santa Casa foi feito pela responsável pelo Serviço de Captação de Órgãos e Tecidos do hospital, Enfª Renata Joaquim.

Ao término do evento, foram sorteados brindes oferecidos pelos apoiadores: Shopping Roque, Recanto da Beleza, Floricultura Toca das Flores, Lanchonete Santa Isabel, Churros do Neguinho, Parques e Jardins (DMG), Cesar Meneguini (T.I)

Setembro Verde – Incentivo à Doação de Órgãos

A 2ª Jornada de Doação de Órgãos acontece oportunamente no mês de conscientização quanto à importância da doação de órgãos, denominado Setembro Verde.
Para ser um doador de órgãos, é importante que a família saiba deste desejo.

Pensando neste ato que envolve um momento tão delicado, em setembro de 2019, a Santa Casa de Santos inaugurou a Árvore da Vida – uma homenagem a todas as famílias que optaram por doar os órgãos de seus entes queridos. Nela, são pendurados pequenos corações que levam os nomes dos doadores, e numa discreta solenidade, o próprio familiar coloca o coração na árvore.

Este foi o meio que a instituição encontrou de atenuar a dor destas pessoas que, mesmo em um momento tão difícil, autorizaram a doação dos órgãos. O ato de amor fica simbolizado nos corações, que carregam os nomes de todos que desejaram ajudar as pessoas que lutam pela vida na fila de transplante.

Como ser um doador de órgãos e tecidos?

Se você é a favor da doação de órgãos, converse com seus familiares. Sua decisão pode salvar várias vidas.
Maiores informações, contate o serviço de Captação de Órgãos da Santa Casa de Santos, no telefone 3202.0600 ramal 1160.

Compartilhe!
Acesse Nossas Redes Sociais

Av. Dr. Claudio Luis da Costa, 50
(13) 32020600
provedoria@scsantos.com.br