COLETA DE FEZES ( PROTOPARASITOLÓGICO, pH FECAL, PESQUISA DE LEUCÓCITOS, GORDURA FECAL, SUBSTÂNCIAS REDUTORAS E ROTAVÍRUS)

1- Para a obtenção da amostra, coletar as fezes em recipiente fornecido pelo laboratório ou comprado em farmácias para tais fins. Evitar contato da amostra com urina ou água do vaso sanitário.
2- Em seguida, com auxílio da espátula, transfira pequena porção, correspondente a aproximadamente 1 colher de sobremesa ou 5ml (uma colher de sopa), caso as fezes sejam líquidas, para o coletor universal não estéril. Evitar contaminar a parte externa do frasco com fezes, tampar bem o coletor.
3- Sangue, muco, pus, eventualmente presentes, devem ser incluídos na amostra para exame.
4- Parasitas ou vermes visíveis eventualmente presentes, devem ser separados em outro coletor.
5- Não utilizar leite de magnésia ou laxantes oleosos (Nujol, etc).
6- Não utilizar contraste radiológico por via oral, bário, bismuto, magnésio e carbonato de cálcio nas 72 horas que antecedem a coleta do material.
7- Seguir as orientações médicas, quanto ao uso de medicamentos. O ideal é não ter usado anti-parasitários e antibióticos nas últimas 3 semanas e antidiarréicos e antiinflamatórios nas 72 horas que antecedem a coleta.
8- Se forem solicitadas 3 amostras, estas podem ser colhidas em dias diferentes, ou à critério médico.
9- Não usar pomadas na região anal nas 24 horas que antecedem a coleta.
10 - Para crianças que usam fraldas ou que apresentam quadro diarréico, as fezes devem ser colhidas no saquinho tipo “Coletor de Urina” para evitar a absorção do material pela fralda. O material pode ser mantido e entregue no próprio coletor.
11- As amostras devem ser encaminhadas ao Laboratório até 2 horas em temperatura ambiente ou no máximo 24 horas, se refrigerados, as amostras não devem ser congeladas.
12- Para o exame pH nas fezes, a amostra deve ser entregue até 1 hora após a coleta, em temperatura ambiente, ou 2 horas se refrigeradas.

FO-035/01