A boa saúde dos olhos exige cuidados tanto quanto qualquer parte do corpo. Aproveitamos o Dia da Saúde Ocular para deixar aqui algumas dicas para ajudar a mantê-la em dia. Mas, antes delas, lembramos que é importante visitar o oftalmologista anualmente. Alguns diagnósticos são assintomáticos, e quando aparecem, já estão em estágios avançados. Por isso, com acompanhamento médico você pode amenizar ou, em alguns casos, até prevenir problemas de visão. E é importante a avaliação de um profissional de oftalmologia desde o nascimento. Segundo relatório da Organização Mundial de Saúde atualizado em 2014, cerca de 80% de todos os problemas de visão existentes no mundo hoje podem ser prevenidos ou curados. Leia o relatório aqui (em inglês).

Listamos abaixo alguns hábitos que, quando incorporados ao cotidiano, podem deixar estas consultas mais suaves; e com o foco em prevenção e cura.

Alimentação:

Certos alimentos, se consumidos regularmente, favorecem a boa saúde dos olhos. Entre estes:

– Cenoura, laranja, espinafre, brócolis e outras verduras e legumes de coloração amarela e/ou verde. A degeneração macular é dos diagnósticos de visão mais comuns – e este alimentos (entre outros citados abaixo) – ricos em carotenoides, contribuem para a prevenção dela.

– Frutas vermelhas (que também são conhecidas como ‘berries’): morango, cereja, amora… São fonte de vitamina C e flavonoides, importantes na prevenção da perda da visão e de outros diagnósticos.

– Azeite extravirgem: rico em ômega 3, outro importante aliado na prevenção de problemas de visão.

– Óleo de linhaça: alimento que tem propriedades antioxidantes e ajuda a melhorar a secura dos olhos; entre outras coisas.

– Alho e cebola: são dilatadores dos vasos sanguíneos, e por isso contribuem para a prevenção do glaucoma.

> Entre outros alimentos.

 

Maquiagem, colírio e outros produtos para o rosto:

– Sempre que possível opte por produtos hipoalergênicos e fique atento à validade deles; pois maquiagem, protetor solar, etc, também podem vencer.

– Lave as mãos várias vezes ao dia, e não leve-as diretamente aos olhos.

– Limpe o rosto antes de dormir.

– Não compartilhe produtos de aplicação de maquiagem; colírios e outros produtos usados nos olhos, que podem transmitir doenças como, por exemplo, conjuntivite.

– Antes de usar um colírio ou outro produto para cuidar dos olhos, consulte um oftalmologista para saber qual é o mais apropriado para você. A automedicação pode favorecer o aparecimento de diagnósticos oculares.

Lentes de Contato: Como elas estão em contato direto com os olhos, é essencial que sejam mantidas sempre limpas.

Computador, TV e outros equipamentos tecnológicos: o uso intenso destes dispositivos pode provocar problemas de visão. Evite ao máximo e, quando estiver usando um computador, evite ambientes com baixa luminosidade e dê descansos de alguns minutos para seus olhos, algumas vezes por dia.

Óculos de sol: use sempre que puder. Os raios ultravioleta são nocivos aos olhos e podem contribuir para a perda de visão.

Fonte: CIVIAM